Técnicas de pesca açoriana

PESCA AO FUNDO (ISCO Orgânico)
PROFUNDIDADE: 30 A 150 METROS
ÉPOCA: MAIO | JUNHO | JULHO | SETEMBRO
PESCA: A pesca de fundo utiliza cana e carreto, específicos para a actividade, com aparelhos de 2 ou 3 anzóis com isco orgânico. A embarcação é ancorada em fundos rochosos ou mistos.
PEIXE: Abrótea | Bagre | Cação | Encharéu | Garoupa | Mero | Pargo | Rocaz | Sargo

ZAGAIA
PROFUNDIDADE: 30 A 100 METROS
ÉPOCA: JUNHO | JULHO | AGOSTO | SETEMBRO
PESCA: Este tipo de pesca não necessita de embarcação ancorada e realiza-se em locais com fundos rochosos ou mistos. A pesca à zagaia utiliza amostras artificiais que pesam entre 50g a 300g, dependendo das correntes e profundidade. A vantagem da zagaia é a captura de peixes de fundo ou pelágicos, sem mudar de técnica.
PEIXE: Anchova | Barracuda | Atum |

SPINNING EMBARCADO
PROFUNDIDADE: 8 A 60 METROS
ÉPOCA: JULHO | AGOSTO | SETEMBRO
PESCA: Este tipo de pesca não necessita de embarcação ancorada e realiza-se em locais com fundos rochosos ou mistos, em bancos submarinos. A pesca de spinning utiliza diferentes amostras de superfície como os “popper” (50 – 120 g) ou os “stick bait” (20 – 50 g).
PEIXE: Anchova | Barracuda | Atum | Írio | Lírio | Serra

CORRICO
PROFUNDIDADE: 8 A 60 METROS
ÉPOCA: JUNHO | JULHO | AGOSTO
PESCA: Com a embarcação em movimento lento em zonas costeiras ou bancos submarinos utilizamos amostras artificiais de superfície
PEIXE: Anchova | Barracuda | Atum | Encharéu | Írio | Lírio | Serra

PESCA NOCTURNA
PROFUNDIDADE : MAIS DE 150M
ÉPOCA : TODO O ANO
PESCA: A pesca de fundo utiliza cana e carreto, específicos para a actividade, com aparelhos de 2 anzóis com isco orgânico. A embarcação é ancorada em fundos rochosos ou mistos.
PEIXE: : Abrótea | Bagre | Cação | Congro | Moreia | Rocaz |

Não há galeria selecionada ou a galeria foi excluída.